27 de jan de 2011

O poder de 10 anos



Hoje faz um mês que eu completei 31 anos. E hoje, especialmente hoje, me lembrei muito de como estava minha vida há 10 anos. E eu ri, e chorei também! Eu continuo achando o cúmulo gente que não gosta de fazer aniversário! Eu adoro!

Aos 21 anos eu era tão, mas tão magrela que dava até dó. E a minha única preocupação com a alimentação era se naquele dia eu iria comer o número 1 ou o número 4 do McDonald´s. e isso era muito bom, eu podia comer o que queria sem me preocupar com as gordurinhas...Mesmo assim, nunca me achei uma beldade!

Mas apesar da parte física, aos 21 anos eu estava um caco (psicologicamente falando). Minha vida amorosa estava em ruínas, minha vida profissional um desastre, e a financeira então...não gosto nem de lembrar! Pra completar, tive que abandonar no 2º ano, uma faculdade que eu adorava porque claro, eu não tinha mais a menor condição de pagar.

No ano de 2001 a minha vida daria um filme daqueles tão dramáticos que quem fosse ver no cinema, precisaria de uma caixa de lenços daquelas bem grandes!

Resumindo, eu estava numa daquelas fases da vida em que você está tão, mas tão no fundo do poço que acha que nunca mais vai se levantar! Só que eu sempre tentei manter o otimismo e o bom humor. Sou daquele tipo de pessoa capaz de fazer uma piada nas horas mais difíceis, e tenho algo que considero uma grande qualidade: sei rir de mim mesma! Então eu sabia que aquela fase, ia passar..se até a uva passa!

E aí hoje, 10 anos depois, eu olho pra tudo isso eu consigo dar risada. Consigo respirar aliviada porque tudo realmente passou. E consigo esquecer essa futilidade da coisa do peso porque mesmo com 15 kilos a mais, eu sou infinitamente mais feliz, eu diria que uma tonelada mais feliz.

Eu continuo não me achando linda, mas acho que dou pro gasto. Não tenho o melhor emprego do mundo, mas estou satisfeita com o que tenho, gosto do que eu faço e ganho relativamente bem por isso. Há três anos consegui me formar naquilo que eu realmente queria fazer. Casei com o homem que eu amo, temos uma casa gostosa, viajamos sempre que possível. Tenho ótimos amigos e minha família está com saúde. E durante esses 10 anos eu não cai mais, pelo contrário, fui me levantando mais e mais.

E então que eu não tenho a mínima saudade dos meus 21 anos ! Se eu tivesse uma máquina igual aquela do “ De Volta para o Futuro” eu jamais voltaria no tempo!

Eu quero viver tudo que a vida tiver pra me dar, aos 31, 41, 51...o tempo que Deus me permitir, eu quero viver ao máximo, acreditando sempre que aquele passado nunca vai voltar, e que o futuro será cada vez melhor, mesmo que a balança não marque sempre o número que eu quero!

"A vida quebra a todos e depois muitos ficam mais fortes nos lugares quebrados".
Ernest Hemingway

3 comentários:

Claudia disse...

Gostei da sua postagem, Dani, achei bem sincera e legal. Eu confesso que muitas vezes tenho saudades sim dos meus 21 aninhos...o que não significa que trocaria o que sei, sou e tenho hj pelo o que eu era na época. Não sou tão forte quanto você em relação aos quilinhos à mais, por que passei os últimos 2 anos cuidando tanto dos outros que perdi minha identidade, e com ela, meu corpinho escultural. Estou sim lutando para tê-lo de volta, porque chegou o meu momento, depois de tanto tmpo me doando para os outros. Queria não me importar, como vc disse...mas hoje em dia ainda não consigo. Parabéns de verdade por tudo o que vc conseguiu, e desejo de coração que vc tenha mais sucesso e mais felicidde a cada aninho que passa. Vou aproveitar para fazer uma piada com vc, não fique brava: vc colocou uma citação linda de um excelente escritor, Hemmingway, mas não leve a sério os conselhos dele sobe felicidade, porque ele acabou se matando, rs.
Bjs, linda. Poste mais!!!

Daniela Freitas disse...

Oi Clau,
Olha esse texto foi realmente um desabafo sobre a minha vida, não quero ser exemplo pra ngm. E é claro que lá no fundo eu me importo com o peso, mas não quis enfatizar isso e sim os péssimos momentos q eu vivi em 2001. Quem não queria ter o corpo de uma das gostosonas q aparecem na capa da Nova? Oq eu quis dizer é q pra mim hoje, isso não é prioridade, mas se para vc é, acho mais q tem q ir em frente mesmo. E eu jamais direi dessa água não beberei, pode ser q daqui a outros 10 anos e esteja fazendo uma lipo kkkkkkkk. Sobre o Hemingway, vai ver ele não ficou forte no lugar em que quebrou né? kkkkkkkk

Claudia disse...

:)